Home Música Noticias Literatura Contatto Serviços Pagina 8 Livros Outros...
Cronica e arte

CRONICA E ARTE  CNPJ nº 21.896.431/0001-58 NIRE: 35-8-1391912-5 email cronicaearte@cronicaearte.com Rua São João, 869,  14882-010, Bairro Aparecida Jaboticabal SP
CASA DO POETA E ESCRITOR DE RIBEIRÃO PRETO RETOMOU SUAS ATIVIDADES PARA O ANO DE 2020 Mentore Conti Mtb 0080415 SP // foto Crônica e Arte Jaboticabal, 2 de fevereiro de 2020 A Casa do Poeta e Escritor de Ribeirão Preto, recomeçou nesse sábado dia 1º, suas atividades para o ano de 2020. A reunião que teve início às 15 horas, na livraria Paraler, contou com vários integrantes e foi concluída às 18 horas.  Durante a reunião foi realizado um sarau com declamação de poemas e leituras de trechos de contos.  Também foram divulgados futuros lançamentos de livros e palestras e outras atividades que serão realizadas durante o ano.  A reunião foi realizada na livraria Paraler, (com sede na rua Capitão Adelmio Norberto da Silva 786) já que a sede da Casa do poeta e do escritor de Ribeirão Preto, que fica junto com a sede da AMOR (Associação dos Militares e Oficiais da Reserva) no Museu Municipal da Segunda Guerra Mundial na cidade, está em reformas.  Os integrantes da Associação se reúnem sempre no primeiro sábado de cada mês de agora até o final do ano. Não há necessidade de inscrição e a participação de quem gosta de literatura ou é escritor, é livre. A Associação existe já há 30 anos. Segundo Maris Ester Souza, Presidente da Casa do Poeta e Escritor de Ribeirão Preto, houve uma exposição geral sobre o trabalho que associação pretende realizar durante o ano. É uma associação que está crescendo, frisou Maris e será realizado um trabalho diferenciado. Maris disse que a diretoria da Casa do Poeta e Escritor estudará propostas de parcerias que foram feitas, para projetos a serem realizados. Segundo Maris a entidade completa agora 30 anos e será realizado inclusive um almoço comemorativo. O site Crônica e Arte perguntou como trabalhar com a literatura diante da internet. Segundo Maris isso é uma questão de adaptação e não uma dificuldade. Maris acredita que 2020 será um ano de união e que as pessoas possam cada vez, escrever mais e apesar de que se acredita que o jovem não escreva, a literatura é uma porta para que mais jovens se expressem, o que é a função do escritor e do professor de um modo geral.
Para leitura com smartphones recomenda-se girar o aparelho na horizontal (nota do editor)