Home Música Noticias Literatura Contatto Serviços Pagina 8 Livros Outros...
Cronica e arte

CRONICA E ARTE  CNPJ nº 21.896.431/0001-58 NIRE: 35-8-1391912-5 email cronicaearte@cronicaearte.com Rua São João, 869,  14882-010, Bairro Aparecida Jaboticabal SP
MANHÃ DE SANGUE EM SERTÃOZINHO: HOMEM MATA A MULHER E FILHO E SE SUICIDA EM SEGUIDA Mentore Conti Mtb 0080415 SP // foto Crônica e Arte Jaboticabal, 10 de junho de 2019 Leonardo dos Reis Andrade... Morava em Sertãozinho, ... Ex-policial militar, agora era engenheiro. Leonardo era casado há mais de 22 anos... Uma vida aparentemente tranquila, morava em uma casa no bairro Bandeirantes, uma casa de classe média, uma boa casa. Casado com Ana Rosa de Jesus, eles tiveram um filho que na data de hoje ia comemorar 22 anos. Sertãozinho é uma cidade próxima a Ribeirão Preto, 21 km de distância, 42 km de Jaboticabal ....Sertãozinho já passa de 110 mil habitantes.... Uma cidade marcada por indústrias siderúrgicas Uma família tranquila ele Leonardo 43 anos a mulher Ana Rosa 39 e o filho o filho 22 anos Bruno Aparecido de Andrade. Segunda a cunhada de Leonardo a relação entre Leonardo e esposa era tranquila, mas ele era muito reservado quieto, ...quieto, ...quieto. Ele era reservado.  Algum tempo atrás, há três meses, ele resolveu abrir uma empresa como Engenheiro, mas depois se empregou como Engenheiro em uma indústria de equipamentos industriais  Leonardo e a Ana Rosa sempre saíram juntos, ...faziam caminhada juntos, nada que parecesse extraordinário. Nada, ...nada, ...nada... Uma família tranquila. Assim descreve a cunhada Vera de Lúcia Andrade.  Era certo que nos últimos tempos tinha mudado um pouco comportamento mas continuava a reservado e não demonstrava sinais de quem tivesse alguma coisa errada.  Segunda-feira, ...segunda-feira dia 10 eram 7:30 quando ele manda uma mensagem pelo WhatsApp em um grupo de amigos. ... “gente, fiz besteira” ....  Para um amigo no wattsapp ele disse que tinha matado a família e que era para que ele chamasse a polícia militar.  Leonardo, ...Leonardo que tinha entrado na Polícia Militar em 1997 e em 2002 tinha pediu exoneração e que, nesta manhã disse a um amigo que tinha matado a família me chamasse a polícia  O amigo tentou ligar várias vezes para o Leonardo, como Leonardo não atendia ele foi até a casa do amigo no bairro Bandeirantes, mas tudo estava trancado e os carros na garagem  Ele chama a polícia militar que quando chega tem que pular o muro da residência vizinha, para entrar no imóvel dentro da casa. E dentro da casa uma cena de pavor Leonardo morto no sofá e o filho e a mulher estavam mortos em suas respectivas camas. A primeira impressão é que eles foram mortos enquanto dormiam.  Segundo as primeiras apurações os vizinhos não ouviram barulho de tiros.  Ultimamente Leonardo estava muito quieto e nem ia à casa do pai, mas o real motivo que levou o Leonardo a matar o filho e a mulher e a se matar, por enquanto é um mistério.  A polícia investiga o caso