Home Música Noticias Literatura Contatto Serviços Pagina 8 Livros Outros...
Cronica e arte

CRONICA E ARTE  CNPJ nº 21.896.431/0001-58 NIRE: 35-8-1391912-5 email cronicaearte@cronicaearte.com Rua São João, 869,  14882-010, Bairro Aparecida Jaboticabal SP
MUNDO CÃO: MÃE DE ALUNO DÁ UM SOCO NO ROSTO DE FUNCIONARIA DE ESCOLA MUNICIPAL EM RIBEIRÃO PRETO. Mentore Conti Mtb 0080415 SP // foto Crônica e Arte Jaboticabal, 26 de março de 2019 Uma secretária da Emei Escola Municipal de Ensino Infantil Teresa Hendrica Antonissen, na cidade de Ribeirão Preto, foi agredida por uma mamãe de aluno. A agressão ocorreu nesta segunda-feira dia 25. A Emei fica no Jardim Aeroporto. Eram aproximadamente 13 horas da tarde da sexta-feira e a funcionária, estava no refeitório da escola quando, a mãe do aluno se aproximou e começou a boquejar contra a funcionária a chamando de irresponsável.  A mãe do aluno dizia que ela, funcionária, deixava as crianças jogadas. Depois de provocar a funcionária, a mãe do aluno desferiu um soco no rosto da secretária, que foi parar no posto de saúde do bairro, ali no Jardim Aeroporto. Faltaram 15 minutos para o horário da entrada dos alunos na escola e não há motivos comprovados do porquê da agressão A Secretaria da Educação em nota enviada ao Site Crônica e Arte, informou que uma mãe de aluno da EMEI Teresa Hendrica Antonissen agrediu no dia de ontem (25) uma funcionária terceirizada da escola. A nota informava que não foi esclarecido o motivo da agressão. A funcionária foi orientada e a realizar Boletim de Ocorrência e Exame de Corpo de Delito.  Quanto à segurança, todas as medidas foram tomadas, porém, não é possível proibir a entrada das mães na escola que, neste segmente do ensino tem livre acesso à unidade e está sendo avaliada junto à empresa terceirizada a mudança de Escola da Funcionária para evitar futuras agressões, esclarece a nota. Perguntado pelo Site Crônica e Arte se havia algum trabalho ou projeto para diminuir a violência nas escolas, na mesma nota a Secretaria da Educação informou que a pasta ressalta ainda que o trabalho pedagógico das unidades escolares é sempre voltado com ações contra violência, antibulling junto aos alunos da rede.