Home Música Noticias Literatura Contatto Serviços Pagina 8 Livros Outros...
Cronica e arte

CRONICA E ARTE  CNPJ nº 21.896.431/0001-58 NIRE: 35-8-1391912-5 email cronicaearte@cronicaearte.com Rua São João, 869,  14882-010, Bairro Aparecida Jaboticabal SP
TIROS ACABAM COM FESTA DO DIA DAS CRIANÇAS EM RIBEIRÃO PRETO Mentore Conti Mtb 0080415 SP // foto Crônica e Arte Jaboticabal, 13 de outubro de 2018 Ribeirão Preto ...Tarde do dia 12... uma festa, uma festa em um condomínio A festa ocorria naquela cidade, na zona oeste de Ribeirão Preto, Parque Ribeirão Preto. Tudo parecia normal, tranquilo...festa de crianças, um aniversário, uma festa onde se aproveitou a ocasião e se comemorava o Dia das Crianças, naquele condomínio...  Na avenida Cásper Libero!!! Quem esperaria outra coisa de uma festa assim, crianças brincando, gritando como crianças... Uma festa normal. Mas não naquela festa.... Não nesta sexta feira dia 12... De repente dois vizinhos.... Começam a discutir, a brigar... ali... ...No Parque Ribeirão Preto eles começaram a brigar!!!!! Eram 18:30 horas, tardezinha na cidade de Ribeirão Preto...  Discussão, briga e discussão, na área de lazer do condomínio... no salão de festas... a discussão em meio à festa de aniversário num dia de comemoração do dia das crianças!!!. Foi então que meio da discussão João Aparecido de Souza, operador de colhedeira... 45 anos, saca de um revólver e com a arma em punho, atira no comerciante, atira em Jefferson Rodrigues Barreto, atira no seu vizinho!!!! Atira e tenta fugir. Ele atirou, ele atirou três, três vezes, uma, duas, três vezes... atirou com uma arma calibre 32, Ele atira no vizinho e foge para o seu apartamento. ...A polícia é chamada. A vítima 46 anos foi socorrida e levada por familiares na unidade Emergência do Hospital das clinicas. O quadro do paciente é estável e ele estava consciente... Enquanto a vítima era socorrida, enquanto Jefferson ia para o hospital, a polícia foi chamada... e cercou o condomínio para evitar uma fuga do agressor. Uma unidade da polícia militar foi até o apartamento de João... ele não queria abrir a porta!!!! Não abria a porta... a polícia, a polícia teve que arrombar a fechadura. João estava de pé na sala... com uma faca elétrica de 40 cm na cintura e o revólver em cima do sofá. Ele se entregou à polícia e confessou o ato que tinha cometido, a faca e o revólver foram apreendidos além de três cartuchos deflagrados e um ainda intacto João, operador de colhedeira foi ouvido pelo delegado e indiciado por tentativa de homicídio e depois passaria por audiência de Custódia ainda neste sábado.