Home Música Noticias Literatura Contatto Serviços Pagina 8 Livros Outros...
Cronica e arte

CRONICA E ARTE  CNPJ nº 21.896.431/0001-58 NIRE: 35-8-1391912-5 email cronicaearte@cronicaearte.com Rua São João, 869,  14882-010, Bairro Aparecida Jaboticabal SP
DEPUTADO ESTADUAL DE GOIÁS OFENDE ITALIANOS QUE IMIGRARAM PARA O BRASIL E SEUS DESCENDENTES Mentore Conti Mtb 0080415 SP com dados do site Comunità Italiana // foto e música (no final da matéria) site  Comunità Italiana e internet domínio publico Jaboticabal, 29 de novembro de 2019 O deputado do Estado de Goiás Henrique Arantes do MDB, em um discurso na Assembleia Legislativa daquele estado, ofendeu toda a comunidade italiana que migrou para o país e seus descendentes. Na última quarta-feira dia 27 em discurso na CPI que Analisa contratos da companhia de energia italiana ENEL o deputado afirmou que "os brasileiros aprenderam a ser corruptos com os italianos por conta da forte imigração".  Com este discurso xenófobo o deputado esqueceu que parte da estrutura que o país tem hoje, deve a imigração italiana  e que mesmo a função que ele exerce de político foi estruturada como ciência  na península itálica, antes da unificação italiana. Devemos lembrar, que mesmo a lava jato, como o próprio Ministro Sérgio Moro menciona sempre, foi inspirada na operação mãos limpas, criada na Itália.  Claro que ninguém está negando que na Itália existem erros corrupção e ladrões, mas, ao contrário do Brasil, quando um camorrista vai preso, quando o mafioso de qualquer filiação mafiosa vai preso, não se fica gritando camorrista livre, mafioso livre, na porta de cadeia.  Lá a sentença judicial é acatada e respeitada.  Na Itália quando Betino Craxi, primeiro-ministro do Partido Socialista Italiano, (partido hoje extinto), foi condenado nos anos 90, por  corrupção, ninguém ficou gritando Craxi Livre Betino livre, ou coisa que o valha, se respeitou a sentença e a política foi avante. Segundo consta no site da Federação Nacional dos Policiais Federais em uma outra Comissão de inquérito, na Assembleia daquele Estado, que apurava envolvimento de Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos cachoeira, parceiro da Construtora Delta investigada naquela Comissão, o parlamentar retirou sua assinatura o que prejudicou o andamento da referida CPI. O parlamentar foi recentemente expulso do PTB no último mês de setembro. Em Comunicado no Site da Embaixada Italiana no Brasil, sobre a ofensa aos italianos no Brasil, comunicado divulgado nesta quinta- feira 28, a Embaixada da Itália se expressa da seguinte forma: A Embaixada da Itália em Brasília expressa firme condenação às declarações do Deputado Estadual Henrique Arantes por ocasião de seu discurso na Assembleia Legislativa de Goiás sobre a questão da ENEL. O tom e o conteúdo das ofensas pronunciadas constituem um grave ultraje contra a comunidade de italianos e ítalo-descendentes no Brasil, cuja contribuição para o desenvolvimento das relações amistosas entre a Itália e o Brasil em qualquer campo não pode, de forma alguma, ser denegrida. íntegra do comunicado: COMUNICADO DE CONDENAÇÃO DAS AFIRMAÇÕES DO DEPUTADO ESTADUAL HENRIQUE ARANTES NA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO GOIÁS Data:28/11/2019 A Embaixada da Itália em Brasília expressa firme condenação às declarações do Deputado Estadual Henrique Arantes por ocasião de seu discurso na Assembleia Legislativa de Goiás sobre a questão da ENEL. O tom e o conteúdo das ofensas pronunciadas constituem um grave ultraje contra a comunidade de italianos e ítalo-descendentes no Brasil, cuja contribuição para o desenvolvimento das relações amistosas entre a Itália e o Brasil em qualquer campo não pode, de forma alguma, ser denegrida. CLIQUE E OUÇA A MUSICA MÉRICA, MÉRICA