Home Música Noticias Literatura Contatto Serviços Pagina 8 Livros Outros...
Cronica e arte

CRONICA E ARTE  CNPJ nº 21.896.431/0001-58 NIRE: 35-8-1391912-5 email cronicaearte@cronicaearte.com Rua São João, 869,  14882-010, Bairro Aparecida Jaboticabal SP
BETH CARVALHO MORRE NO RIO AOS 72 ANOS Mentore Conti Mtb 0080415 SP // foto divulgação Jaboticabal, 30 de abril de 2019 Beth Carvalho cantora e compositora de sambas morreu nesta terça- feira dia 30 no Rio de Janeiro aos 72 anos.  A cantora estava internada desde o início do ano no hospital pró- cardíaco em Botafogo e a causa da morte foi infecção generalizada  Beth Carvalho tinha que era compositora e cantora tinha mais de 50 anos de carreira e gravou dezenas de discos. Ela gravou sucessos como andança e saco de feijão. O empresário artista Afonso Carvalho disse que ela morreu às 17:33. Em 2009 ela cancelou uma apresentação no Réveillon de Copacabana por causa de fortes dores e se operou em 2012.  Em 2013 foi homenageado pela escola de samba Acadêmicos do Tatuapé, em São Paulo, mas não participou do desfile por causa da Saúde. Elizabeth Santos Leal de Carvalho nasceu no Rio de Janeiro em 5 de maio de 1946 e começou na música desde a infância.  Aos 8 anos ela passou a gostar de dança e no mesmo período ganhou um violão dos Avós. Com a prisão do pai no começo da ditadura em 1964, Beth Carvalho passou a dar aulas de música No ano seguinte ela gravou seu primeiro compacto simples com a música “Andança” e “Por Quem Morreu de Amor” de Roberto Menescal e Ronaldo Bôscoli.  Em 1969 ela grava o primeiro LP com o nome Andança.  Foi com Andança em 1968 Beth Carvalho ficou em 3º lugar. Ela participou praticamente de todos os festivais de música da época. A partir de 1973 ela passou a lançar um disco por ano e gravou composições de cartola, como As Rosas Não Falam e Folhas Secas de Nelson Cavaquinho. Em 2004 gravou seu primeiro DVD. Beth Carvalho a Madrinha do Samba, com qual ganhou um DVD de platina. O CD que tem o lançamento simultâneo recebeu disco de ouro em 2009. A compositora foi homenageada no Grammy latino em Las Vegas e a cantora foi a primeira sambista receber um dos reconhecimentos mais importantes da cerimônia o prêmio Lifetime Achievement Awards.