Home Música Noticias Literatura Contatto Serviços Pagina 8 Livros Outros...
Cronica e arte

CRONICA E ARTE  CNPJ nº 21.896.431/0001-58 NIRE: 35-8-1391912-5 email cronicaearte@cronicaearte.com Rua São João, 869,  14882-010, Bairro Aparecida Jaboticabal SP
MANIFESTANTES SAEM AS RUAS EM APOIO A BOLSONARO EM VARIAS CIDADES DO PAIS Mentore Conti Mtb 0080415 SP // foto Metropolis Jaboticabal, 26 de maio de 2019 O apoio ao governo de Jair Bolsonaro foi expressado hoje domingo dia 26 em Atos realizados em várias cidades do país. A defesa da reforma da Previdência, o pacote anti- crime, o porte e a posse de armas de fogo e o apoio aos ministros do governo, como Ministro da Justiça Sérgio Moro e o Ministro da Economia Paulo Guedes foram temas dos manifestantes.  Em Brasília a manifestação começou na parte da manhã e os apoiadores do governo se concentraram no gramado da Esplanada dos Ministérios, próximo ao Palácio Itamaraty. Com cinco carros de som a manifestação ocupava a pista com mensagens a favor agenda do Governo Federal. Foi contabilizado 10 mil manifestantes que pediam a instalação de uma comissão parlamentar de inquérito CPI, para examinar em investigar as cores superiores, a chamada lava toga.  A manifestação foi convocada por movimentos como, Ordem e Progresso, limpa Brasil e organização nacional dos movimentos.  Durante as manifestações foram criticados o Supremo Tribunal Federal e o Congresso Nacional e algumas lideranças parlamentares. As manifestações ocorreram ao menos em 55 cidades de 13 estados e o Distrito Federal e as manifestações se iniciaram na parte da manhã.  Melhores de pessoas se manifestaram. No Rio de Janeiro o movimento se concentrou na Avenida Atlântica na altura do Posto 5 em frente à Rua Xavier da Silveira e as 11:30 se espalhava por sete quarteirões, com dois quarteirões cheios em cada Extremo e com três mais espaçados entre eles a Rua Sá Ferreira e perto da Barão de Ipanema. No estado do Rio houve manifestações em outras três cidades Em São Paulo a concentração ocorreu na Avenida Paulista região central da cidade nas proximidades do prédio da Fiesp Federação das indústrias de São Paulo, com início as 9 horas e com cinco carros de som, em um espaço de 6 quarteirões. No Estado de São Paulo teve manifestações em Campinas, Indaiatuba, Sumaré, Sorocaba, São Carlos, Bauru São José do Rio Preto, Fernandópolis, Birigui, Araçatuba, Mogi das Cruzes Piracicaba, Jundiaí e ainda na região central de Ribeirão Preto. Em Ribeirão Preto houve uma adesão de 6.000 pessoas em e a manifestação começou na parte da manhã e se encerrou às 11:45.  Manifestações também em Jacareí no Vale do Paraíba. A população se manifestou ainda em Salvador Bahia próximo ao Farol da Barra, em Minas Gerais, Belo Horizonte na Praça da Liberdade na região centro-sul da cidade. No estado de Minas ainda houve manifestações em Uberaba, Varginha, além de outras cidades. As manifestações ocorreram ainda em Belém do Pará São Luís do Maranhão e no estado de Pernambuco em Caruaru. Ocorreram manifestações também em Alagoas, Ceará, Espírito Santo, Mato Grosso no Acre no Paraná e em Santa Catarina no Vale do Itajaí.