Home Música Noticias Literatura Contatto Serviços Pagina 8 Livros Outros...
Cronica e arte

CRONICA E ARTE  CNPJ nº 21.896.431/0001-58 NIRE: 35-8-1391912-5 email cronicaearte@cronicaearte.com Caixa Postal 43,  14870-970 Jaboticabal SP
A TAXA DO LIXO EM PROCESSO DE APROVAÇÃO EM JABOTICABAL FOI DISCUTIDA NO PROGRAMA CIDADE EM DEBATE DA RADIO VIDA NOVA DE JABOTICABAL  Mentore Conti (Editor Cronica e Arte) Colaboração: Cesar Tomé (Diretor Radio Vida Nova) e Paulo Roberto Almeida (Fampage DANDO A CARA E LEVANDO A SERIO FACEBOOK e co-editor Site Cronica e Arte) O site Crônica e Arte vem trazendo matérias sobre o projeto de implantação da taxa do lixo em Jaboticabal. Que já foi adiado por duas vezes com pedido de vistas, sendo que o primeiro pedido de vista foi do Vereador João Roberto (PT) e o Segundo foi do Vereador Sergio Ramos (PPS), sendo que a próxima sessão onde será debatida a questão para aprovação ou maior analise está marcada para o dia 7 de dezembro de 2015. Neste sábado dia 21 de novembro, no programa “Cidade em Debate” da Radio Vida Nova, dirigido por Cesar Tomé, Diretor da Emissora, com colaboração de Paulo Almeida da página do Facebook “Dando a Cara e Levando a Sério” e editor adjunto do Site Crônica e Arte” e Mentore Conti Editor do Site Crônica e Arte e ainda com as presenças da Vereadora Andreia Delegada (PSDB) e Professor João Roberto (PT) o assunto foi debatido e algumas questões foram levantadas e discutidas. Muito se fala se não ocorreria com a aprovação de referida taxa a bitributação, uma vez que no IPTU já estaria contemplado a taxa de limpeza pública. Foi colocado pelos participantes, que como esta taxa é exclusivamente para o lixo doméstico, e o percentual incorporado no IPTU é3 de limpeza pública (varrição por exemplo), não daria a bi tributação e que a limpeza pública excetuando o lixo doméstico deveria ser paga com o dinheiro que entra no tesouro municipal, através do IPTU, por percentual no orçamento anual do município. Há entendimento também, que já existindo este percentual no IPTU, seria desnecessária a nova taxa. Veio em debate também a questão do SAAEJ (Serviço Autônomo de Agua e Esgoto de Jaboticabal) atual que é de falta de investimento, falta de investimento este inclusive na Estação de Tratamento de Agua, já apontada pela Vereadora Andreia delegada que em seu Facebook colocou fotos da estação de tratamento de agua da cidade, falta de investimento que podem ser vistas no link: fotos Facebook Dra Andreia Delegada Para quem defende a colocação da taxa, com a cobrança da mesma o SAAEJ teria a receita da agua para fazer referidos investimentos. Sobre este ponto se colocou em debate se não seria o caso de uma CEI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para saber o porquê desta falta de investimento e situação atual. Neste ponto foi colocado que pode sim ser feita, dependendo de uma analise a ser feita da questão pelos Vereadores. Foi levantada a questão também do repasse feito até hoje do percentual que já é recolhido no IPTU para limpeza pública e que serviria para pagar também a coleta de lixo domiciliar e não onerar o SAAEJ. Em Jaboticabal a coleta de lixo é responsabilidade do SAAEJ e o serviço de coleta foi terceirizado para a empresa MB  Engenharia e Meio Ambiente  Este é um assunto importantíssimo que o Site Crônica e Arte, a Fanpage no Facebook DANDO A CARA E LEVANDO A SERIO e a Radio Vida Nova, continuará acompanhando.