Home Música Noticias Literatura Contatto Serviços Pagina 8 Livros Outros...
Cronica e arte

CRONICA E ARTE  CNPJ nº 21.896.431/0001-58 NIRE: 35-8-1391912-5 email cronicaearte@cronicaearte.com Caixa Postal 43,  14870-970 Jaboticabal SP
Em 17 de Júlho de 1967 em São Paulo uma passeata foi feita saindo do largo São Francisco desemboca diretamente no teatro Paramount na avenida brigadeiro Luís Antônio onde ocorreria o programa frente ampla da MPB  Entre os artistas estavam Elis Regina e ainda tinha presença de Jair rodrigues Vecchietti Geraldo Vandré Edu Lobo conjunto mpb4 e até mesmo Gilberto Gil que entrou entrar.  A passeata colocava aparentemente ao menos duas tendências na música brasileira que eram antagonistas uma que visava manter a linha da MPB e a outra que novava a música brasileira com guitarras elétricas  Não podemos falar aqui que esta era uma tendência tropicalista o mesmo modernista mesmo no modernismo não visava excluir tendências estrangeiras mas sim adaptadas à cultura brasileira e esta passeata ao contrário disto era contra a introdução da guitarra elétrica na música brasileira.  Entrevista ao Estado de São Paulo Gilberto Gil contou que participou da passeata mas por influência de Elis Regina e porque o movimento parecia ter aqueles sentidos brasilidade defesa e mobilidade que parecia se perder.  Caetano veloso não quis participar pois achava que aquela passeata era negativa instrumento guitarra não era alguma coisa certa tanto que entrevista ele mesmo afirma que a passeata tinha mais uma conotação fascista do que qualquer outra coisa querendo impor um sentido de cultura padrão nacional. Há versões de que a passeata era uma jogada de marketing da TV Record para divulgar ainda mais o programa Fino da Bossa e a passeata ocorre na mesma época em que é lançado o álbum “Sgt Pepper’s…” (1 de junho de 1967), dos Beatles. O programa fino da bossa perdia popularidade para o programa jovem Guarda nas mesma Emissora. Pouco depois, em outubro de 1967, veio o III Festival da TV Record, que se tornou histórico, porque nele houve uma renovação da MPB, via uma ação que podemos chamar de antropofágica, através de Caetano e Gil, isto é, usando das influências, Beatles, Rolling Stones, psicodelia, rock, e vomitando o pré-tropicalismo, com canções e arranjos abertas a todas as influências, que foi contra aquela bobeira que foi a passeata. Caetano Veloso  no festival se apresentou com os Beat Boys (banda de rock argentina) e Gil com os Mutantes,
O ROCK NO BRASIL O "pontapé inicial" do rock no Brasil foi Nora Ney (conhecida cantora de samba-canção) quando gravou o considerado primeiro rock (video ao lado), "Rock around the Clock", de Bill Haley & His Comets (trilha do filme Sementes da Violência), em outubro de 1955, para a versão brasileira do filme.1 Em uma semana a canção já estava no topo das paradas (mas Nora Ney nunca mais gravou nada no gênero, tirando a irônica "Cansei do Rock", em 1961)
Ao lado persolanidades do meio artistico analisam a passeata contra a Guitarra Elétrica e a conjuntura de então
A PASSEATA CONTRA A GUITARRA ELETRICA NO BRASIL EM 1967 Música