Home Música Noticias Literatura Contatto Serviços Pagina 8 Livros Outros...
Cronica e arte

CRONICA E ARTE  CNPJ nº 21.896.431/0001-58 NIRE: 35-8-1391912-5 email cronicaearte@cronicaearte.com Rua São João, 869,  14882-010, Bairro Aparecida Jaboticabal SP
OAB REALIZA ELEIÇÕES E EM JABOTICABAL A ADMINISTRAÇÃO REELEITA POR MAIS 3 ANOS. Mentore Conti Mtb 0080415 SP // foto de arqyuivo Crônica e Arte Jaboticabal, 29 de novembro de 2018 As eleições para a OAB de São Paulo ocorreram hoje dia 29 de novembro para a eleição da diretoria Secional, conselheiros secionais e federais, além de diretores da CAASP e Subseções da OAB SP, estes mandatos são para o triênio 2019/2021. Apesar de ser uma eleição interna, mas a eleição na OAB tem repercussão na sociedade uma vez que, legalmente a parte para acionar o judiciário, depende de advogado e também devido ao convenio firmado entre a OAB e o Estado de São Paulo para a Assistência Judiciaria gratuita. Em Jaboticabal uma única chapa se inscreveu, a chapa “Ordem Unida”, da qual fazia parte a diretoria que administrou a OAB em Jaboticabal nos últimos 3 anos, com exceção da troca de dois diretores. Esta chapa é composta pelo advogado André Luís Bottino de Vasconcellos como Presidente e tem como Vice-presidente o advogado João Martins. Esta Chapa tem ainda como tesoureiro, o advogado Anísio de Paula Mello e como Secretário Geral o advogado Murilo José de Carvalho e como Secretária Adjunta a doutora Rita de Cássia Ruiz. Neste período que termina agora em dezembro o Secretário-Geral e do Secretário-Adjunto, eram, respectivamente, os advogados Rodrigo Fernando Servidone e advogada Lilian Regina Takahasi. Em entrevista ao site crônica e arte o presidente André Luís Bottino de Vasconcellos, disse a diretoria vai continuar o trabalho de defender as prerrogativas do advogado e o direito de se exercer a profissão livremente. Nessa próxima gestão a ideia e aumentar a estrutura da casa dos advogados, criando inclusive no local, uma área de confraternização para os profissionais e uma estrutura que faça com que a casa do advogado tenha condições de atender bem a classe. Perguntado sobre a estrutura das salas e da casa do advogado, diante a modernização que vivemos hoje e que influenciam inclusive advocacia, André Bottino disse que as salas de advogados são para um apoio de petições urgentes ou para que ele aguarde as audiências, já a casa do advogado deve ter uma estrutura melhorada e repensada, diante de toda essa modificação. Hoje o advogado não precisa procurar a Casa do Advogado para uma pesquisa em bibliotecas (que as Casas dos Advogados tinham), disse André Bottino, pois com toda essa modernização, o advogado já tem, em seu escritório, com toda uma gama de recursos para fazer sua pesquisa. Hoje a casa do advogado deverá ter mais uma tendência para confraternização entre os profissionais e ser um local onde eles procuram serviços ligados à área. Questionado pelo site Crônica e Arte sobre o relacionamento entre juízes, funcionários, promotores e advogados, André Bottino disse que devido a alteração que houve com a computadorizarão e o ambiente cibernético, não há mais uma proximidade grande entre juízes, promotores, funcionários e advogados. Segundo André Bottino se isto é bom ou ruim ainda deve ser analisado, mas a seu ver, existe um lado bom que é o lado do tratamento igualitário e republicano no tratamento dispensado a todos os advogados por juízes, promotores e funcionários, não havendo mais aquela proximidade maior entre juízes e alguns advogados, como antigamente, o que por exemplo poderia trazer até uma diferença de tratamento e prejuízo do próprio trabalho de algum profissional nos processos. A modernidade e o mundo cibernético tem alterado o sistema advocacia e, como lembrou André Bottino, existem programas de computação nos quais nos quais pode-se inserir o problema e o argumento e as questões pontuais do processo e o computador vai desenvolver ou a petição inicial, a contestação e até mesmo a sentença para cada caso. O que não pode ser feito pela máquina é na realidade, a conciliação, a mediação de conflitos e a forma alternativa de solução destes conflitos e é onde estará o futuro da advocacia. Em relação a chapa única André Bottino disse que isso demonstra a força dos advogados na cidade e não a divisão ou a fraqueza dos advogados que trabalham em Jaboticabal. Neste ponto André Bottino pediu para que a reportagem reparasse o modo harmonioso e de confraternização com o qual os advogados chegavam para voltar, no período em que a reportagem esteve no local de votação. A OAB em Jaboticabal, tem hoje aproximadamente 400 advogados e além de palestras para advogados e o público em geral e, da defesa dos direitos dos Advogados, trabalha com a Assistência Judiciária Gratuita em convênio com a Defensoria Pública do Estado. Neste trabalho a OAB atende na cidade uma média de 80 pessoas por semana, ou seja, uma média de 320 pessoas por mês, para as quais são nomeados advogados inscritos na subseção, para atuarem sem custo de honorários, para as pessoas que não podem pagar advogado particular.