Home Música Noticias Literatura Contatto Serviços Pagina 8 Livros Outros...
Cronica e arte

CRONICA E ARTE  CNPJ nº 21.896.431/0001-58 NIRE: 35-8-1391912-5 email cronicaearte@cronicaearte.com Rua São João, 869,  14882-010, Bairro Aparecida Jaboticabal SP
JABOTICABAL HOMENAGEIA NESTE SÁBADO COMBATENTES DA REVOLUÇÃO DE 32 NASCIDOS NA CIDADE Mentore Conti Mtb 0080415 SP (colaboração especial e fotos Abel Zeviani) Jaboticabal 5 de Julho de 2018 Os combatentes da revolução de 1932 de Jaboticabal serão homenageados neste próximo  sábado dia 7 de julho, na praça Nove de Julho em Jaboticabal. O evento é uma realização da Comissão dos 100 anos do Tiro de Guerra da cidade. Durante a cerimônia serão hasteados o Pavilhão Nacional e dois historiadores da cidade que vão falar sobre o evento, sobre os homenageados e sobre o movimento de 32, como um todo, que contou com voluntários jaboticabalenses. Segundo o Sargento Nalon Oliveira comandante do Tiro de Guerra de Jaboticabal, serão homenageados os voluntários nascidos em Jaboticabal, que somados totalizam 700 participantes. O sargento Nalon disse que serão mencionados no evento os seis  voluntários da cidade que morreram em batalha e que esta é uma homenagem que não se fazia há muitos anos aqui na cidade. Do número de 700 voluntários de Jaboticabal, foram 410 voluntários que  lutaram  no front da revolução e 300 voluntários ficaram em um Batalhão de apoio aqui na cidade, como demonstra um levantamento feito por Dorival Martins de Andrade, historiador da cidade. Os comnatentes jaboticabalenses que morreram foram:  Batista Tibério de Almeida, Mimi Alemagna, Nelson Spielman, Norival Lacerda, Raul Maçone e Ari Cajado de Oliveira. A revolução de 32 foi um movimento paulista  que exigia fundamentalmente que Getúlio Vargas  aprovasse uma constituição, já que desde 1930, quando Getúlio apoiado pelo tenentismo, tomou o poder, a promessa da construção feita na época da revolução de 30 não era concretizada. Na Revolução de 32 que teve início em 9 de julho, havia também um cunho separatista, como uma questão de fundo, como vamos ver com os participantes Alfredo Ellis Júnior, historiador e o  escritor Monteiro Lobato. Um dos combatentes por Jaboticabal que figuram na lista do historiador Dorival Martins de Andrade e que depois teve projeção nacional, foi Alfredo Buzaid. Em 1937 Buzaid participa com os integralistas de uma tentativa de golpe contra Getúlio Vargas e anos depois em 1969 assume o cargo de Ministro da Justiça do governo militar, governo militar.  A revolução de 32 termina em 2 de outubro de 1932, depois que Getúlio Vargas consegue puxar como aliados seus, contra os paulistas, os Estados de Mato Grosso Minas Gerais e Rio Grande do Sul. em Jaboticabal segundo o professor Willians Turco que tinha 6 anos quando a guerra acabou, ele viu  a tropa de Minas marchar no centro da cidade depois da vitória de Getúlio e seus aliados. Segundo Professor Williams antes disso foram avistados aviões no governo federal sobrevoando a cidade, mas não chegou a ver bombardeios aqui. Os bombardeios contra os revolucionários Paulistas ocorreram nas cidades de Campinas e na capital São Paulo. Em Santos os aviões de Getúlio Vargas metralharam a esmo bairros da cidade, como reportado pelo professor Antonio Andrade, de histórias que ouvia de seu avô.
Mimi Alemagna
Batista Tibério de Almeida
Dorival Lacerda
Ari Cajado de Oliveira
Raul Maçone