Home Música Noticias Literatura Contatto Serviços Pagina 8 Livros Outros...
Cronica e arte

CRONICA E ARTE  CNPJ nº 21.896.431/0001-58 NIRE: 35-8-1391912-5 email cronicaearte@cronicaearte.com Rua São João, 869,  14882-010, Bairro Aparecida Jaboticabal SP
15H17 - TREM PARA PARIS Artigo de Mentore Conti // imagem cena do filme, divulgação  Jaboticabal 10 de março de 2018 Filme que estreou nas telas do cinema no último dia 8 e tem um roteiro baseado em “fatos reais”. O seu roteiro conta a história de soldados americanos que descobrem um projeto terrorista para explodir um trem em Paris Este filme de Clint Eastwood entra na linha de filme que procura não atacar a questão armamentista e assim não cai no chavão comum do Politicamente correto que acaba prejudicando a dramaticidade ou suspense do filme, mas, mesmo não caindo nesta armadilha, existem cenas que deveriam ser mais interligadas para manter o suspense de um filme nesta linha, dramática.  A História conta sobre 3 estadunidenses em férias na Europa, que acabam evitando um atentado em um trem para Paris e o que facilita toda a ação dos personagens é o treinamento médico militar que eles têm.  O diretor fez uma busca para procurar atores para os papéis e não teve muito sucesso, então colocou Alek Skarlatos, Spencer Stone e Anthony Sadler para interpretarem a si mesmos. Mesmo não sendo atores, não é esta escolha do diretor que prejudicou o filme. No filme é feito um flashback para contar a história dos três personagens, que salvam o trem, mas essas histórias em flashback, não muito detalhadas e acabam deixando o filme sem uma ligação redonda, por assim dizer, entre este passado contado em flashback e as cenas que precedem a tentativa de atentado. Alguns raciocínios são ingênuos por exemplo, como o de colocar que a América com a sua vocação para guerra, o seu belicismo, é o fator que permite que a Europa, o velho mundo, ter o que tem de melhor. O filme ainda, prolonga narrativas de determinadas cenas, que seriam e que deveriam ser contadas de forma compacta e também mostra situações, cenas que não levam a consequências exata que daria o drama ou suspense necessários para a história. No final também não há um maior entusiasmo além dos personagens impedirem o atentado. Em uma escala nota de 1 a 5 poderemos atribuir a nota 1,5. Um filme ruim ou como se diz em italiano, uma Americanada. Drama, Suspense - (The 15:17 to Paris) EUA, 2017. Direção: Clint Eastwood. Data de lançamento 8 de março de 2018 (1h 34min) Elenco: Spencer Stone, Anthony Sadler, Alek Skarlatos Gêneros Drama, Suspense Nacionalidade EUA. Duração: 94 min. Classificação: 14 anos