Home Música Noticias Literatura Contatto Serviços Pagina 8 Livros Outros...
Cronica e arte

CRONICA E ARTE  CNPJ nº 21.896.431/0001-58 NIRE: 35-8-1391912-5 email cronicaearte@cronicaearte.com Rua São João, 869,  14882-010, Bairro Aparecida Jaboticabal SP
FALTA DE HUMANIDADE TEM REMÉDIO? Em artigo de opinião publicado no jornal Folha de S.Paulo nesta semana, o colunista Hélio Schwartsman disse torcer para que o presidente Jair Bolsonaro morra. A publicação estampou as paginas do jornal após o Presidente dizer que havia testado positivo para o COVID-19. - Você já torceu para alguém morrer de Coivd-19? Em que pese o desejo do colunista; que é sociólogo e não jornalista por formação, pela morte do Presidente e o aplauso de um grande público, nota-se que muitos estão perdendo a noção de humanidade, mas em contra partida parece que o remédio está funcionando com o Presidente. Caso isto se confirme, o colunista da Folha de São Paulo e seus seguidores e muita gente por ai terá que concluir que mais de 60 mil mortos poderiam ter a chance de estar vivos hoje. Falta de humanidade também foi expressa por uma Ginecologista e obstetra Rozeli de Medeiros Poloni da cidade de Vitória ES, também torceu pelo Covid 19 contra a saúde do Presidente: - “Estou torcendo pro Covid, vamos lá, não me decepcione” expressou em sua página do Facebook. Uma médica desejando morte em vez de vida demonstra o quanto ela está comprometida com sua profissão. Lamentável. Em nossa Câmara Municipal, nascedouro de projetos legislativos e casa que já teve bons debates para salvaguardar os interesses do Povo, presenciamos uma explanação acalorada e inútil deflagrada por orgulho e vaidades das partes envolvidas. Se já houve a avaliação do poder judiciário sobre o tema que ventilou na sessão imputando responsabilidade a quem quer que seja, nossa Jaboticabal poderia ter sido poupada de sórdidos detalhes e a forma de abordagem do tema. Em meio a tanta falta de humanidade, sentimento que não deve prevalecer em todos os aspectos do dia a dia do ser humano, vemos nosso País caminhando em meio a pandemia com ações boas tais como auxilio emergencial, entrega de obras Federais e a manutenção do número de vendas por mais de 200 mil empresas. Mesmo durante a pandemia os setores da Construção civil, informação comunicação, supermercados, farmácias além de agroindústria e da indústria extrativa mantiveram o volume de vendas (Terra Brasil notícias Julho/2020). O remédio para a falta de humanidade é reconhecer que todos temos responsabilidades e que conceitos mesquinhos e discussões inúteis não contribuem em nada para o crescimento pessoal, da cidade, do Estado e de nosso Brasil. 
FALANDO SÉRIO
João Martins Neto *
*Dr João Martins Neto é Advogado em Jaboticabal SP
Foto 1  Dr. Jekyll e Mr. Hyde (Universo Nerd); demais fotos  Homens Lobrosianos Museo di Antropologia Criminale “Cesare Lombroso” (a) dell’Università di Torino
(a) César Lombroso estudou a origem  e a ocorrência do crime em sociedade e a relação com a origem do ser humano e o homem de neandertal e a relação desta violência com a irracionalidade e desumanidade do ser humano (nota do editor)