Home Música Noticias Literatura Contatto Serviços Pagina 8 Livros Outros...
Cronica e arte

CRONICA E ARTE  CNPJ nº 21.896.431/0001-58 NIRE: 35-8-1391912-5 email cronicaearte@cronicaearte.com Rua São João 869,  14882-010 Jaboticabal SP
João Paulo Lopes Felix - jornalista MTb 76.126/SP
fotos: facebook do autor e EBC e dominio públivo /divulgação
REENCARNA NÃO, ELIS Noite dessas, tive um sonho onde participava do plano reencarnatório da grande cantora Elis Regina. Vários personagens da elite cultural brasileira lá estavam, me lembro de ter visto Jair Rodrigues, Vinícius de Moraes, Wilson Simonal, Tom Jobim e muitos outros que agora não me lembro. Elis estava recebendo instruções para sua volta à Terra e faltava apenas que ela concordasse com o plano reencarnatório a ela proposto. Foi nesse momento que não me contive e, lá da plateia, gritei: Volta não Elis! As coisas mudaram muito. Sabe aquele programa que você tinha na TV Record? O Fino da Bossa? Então, ninguém vai querer patrocinar, pois você iria apresentar, Milton Nascimento, Juca Chaves, Jair Rodrigues, Ze Keti, Claudete Soares, etc.., e esses artistas não tem mais praticamente público nenhum, você teria que apresentar Anita, Ludmilla, MC Carol, e outros lixos culturais que, infelizmente são o que atende ao paladar cultural da terra dos educados na cartilha de Paulo Freire. Sabe aquela interpretação maravilhosa da canção “Diz que fui por aí” do Ze Keti, que você cantava em dueto com Jair Rodrigues? Nem pensar. Quando Jair cantava a estrofe “Se perguntarem por mim”, você respondia “o que que eu digo Jair”, ele continuava “diz que fui por aí” você perguntava “fazendo o que Negão”, Negão? Negão? Agora não pode mais Elis!  Vão te chamar de racista, isso não é mais arte, arte agora é um bando de idiotas pelados de quatro no chão, fazendo uma roda, como uma ciranda, só que em vez de darem as mãos, um enfia o dedo no fiofó do outro e isso tem nome, macaquinhos. Espera um pouquinho para reencarnar, pois os jovens intelectuais do momento estão bem diferentes daqueles que, como eu, te admiravam e te aplaudiam. Fala ai com a chefia que o momento ainda não é propício, acho que daqui uns 100 anos vai voltar a estar bom e teremos gente disposta a agregar cultura e educação de forma sadia. Quando os responsáveis pelo setor de reencarnação iriam dar sua decisão, acordei e cai na real de que estamos desempregados, presos em casa e beirando a miséria.
Home Música Noticias Literatura Contatto Serviços Pagina 8 Livros Outros...
Cronica e arte