Home Música Noticias Literatura Contatto Serviços Pagina 8 Livros Outros...
Cronica e arte

CRONICA E ARTE  CNPJ nº 21.896.431/0001-58 NIRE: 35-8-1391912-5 email cronicaearte@cronicaearte.com Rua São João 869,  14882-010 Jaboticabal SP
LULA E A CARAVANA NO SUL DO PAÍS Um Artigo de Mentore Conti  fotos: Twitter Jaboticabal, 23 de março de 2018 Lula termina hoje a parte da caravana pelo sul do país, em relação ao Rio Grande do Sul, tendo passado de manhã em Ronda Alta, no comecinho da tarde em Passo Fundo e também São Leopoldo, concluindo com manifestações em Porto Alegre. Em Ronda Alta um dos berços do MST ele foi recebido por integrantes do movimento, trabalhadores rurais e o prefeito, como vemos na foto, mas em Passo Fundo São Leopoldo havia a promessa, até o fechamento deste artigo de protestos, inclusive de se repetir uma chuva de ovos como ontem. A tardezinha e à noite a caravana de Lula no Rio Grande do Sul deve ser encerrada em Porto Alegre, quando faz discurso para trabalhadores rurais e os seus filiados do PT.  Apesar da liminar concedida ontem no STF, que suspende qualquer prisão de Lula até o próximo dia 4, mesmo que essa prisão seja determinada do Tribunal Federal de Recursos da 4ª região em Porto Alegre, algumas manifestações estão sendo programadas, em protesto contra Lula e em prol da sua prisão. Um cartaz na internet, no Twitter, convoca a população para se manifestar contra Lula em frente ao TRF-4 e dos dias 31 até o dia 4 e também contra o STF, no Manifesto chamado “Maratona Lula Na Cadeia”.  Depois do Rio Grande do Sul, Lula deve passar por Santa Catarina e Curitiba encerrando a caravana pelo sul do país.  Diante de todos os acontecimentos alguns fatos nós pudermos notar, em uma das análises possíveis de alguns discursos de Lula que tentou, ou ao menos os seus organizadores de campanha tentaram, ligar a imagem do ex-presidente à trajetória do Getúlio Vargas, criando uma imagem sua de herdeiro de Getúlio nos dias de hoje. Contudo com a recepção contrária que teve na terra de Getúlio, (São Borja) este plano de certa maneira não foi bem sucedido. Getúlio quando foi derrotado nas urnas na eleição antes do golpe de 1930, retornou à sua terra natal e com o apoio de um grupo de tenentes, nos quais estavam Emílio Garrastazu Médici, Orlando Geisel Juarez Távora (ainda jovens), voltou ao sudeste e chegando no Rio de Janeiro, na então capital do Brasil, impediu a posse Júlio Prestes, tomando o poder e criando um governo inicialmente provisório, que se prolongaria em última análise até 1945  Lula depois de todos os acontecimentos, com a Petrobras, processos da Lava-Jato, etc., enfrenta hoje, outras dificuldades, além da ameaça de prisão que pode se dar a partir do dia 4 a qualquer momento e de outros processos que receberão sentença proximamente (seis processos até o momento). Houve por causa deste fatos, uma desintegração da união dos partidos de esquerda e partidos de centro-esquerda, que compunham a base sobre a qual o PT se tornou um dos partidos mais importantes do pais.  PC do B, P C B, PSOL, praticamente não caminham mais, junto com o PT, ao menos é o que se percebe nas entrelinhas dos jornais e isso é uma dificuldade a mais para qualquer candidatura do Partido dos Trabalhadores. A própria candidatura do ex-presidente, que ele ainda tentará até o último instante, conta com um plano B, que pelo ventilado atualmente, seria a candidatura o ex-prefeito de São Paulo Fernando Hadad.  Isso já é em si, é um sinal de fraqueza na imagem do ex-presidente, que não consegue mais ser o único nome no qual, as esquerdas do país pensam como candidato. Com relação a sua candidatura, podemos dizer e este é o ponto mais crítico da organização que Lula criou desde a sua ascensão a partir de 2002 e eleição em 2003.  Uma outra dificuldade para Luiz Inácio Lula da Silva, na sua trajetória atualmente, é a prisão e condenação de figuras que antes eram a sua sustentação dentro do partido, a exemplo de Antonio Palocci. O cenário que parece se desenhar ao menos por enquanto é que o PT corre o risco de diminuir importância, assim como o PTB depois da era Getúlio Vargas. Claro não deixará de existir, mas assim com o PTB do Getúlio, o PT pode ser apenas mais um partido sem a importância que já representou antigamente
Home Música Noticias Literatura Contatto Serviços Pagina 8 Livros Outros...
Cronica e arte